TV CLARET agora no canal 45 digital
 

Justiça bloqueia bens de ex-prefeito, ex-secretário e empresário de RC

Valor ultrapassa os R$ 17 milhões e seria para garantir o ressarcimento de danos ao erário municipal e garantia de pagamento de multa.

05/11/2018 12:59

Em nota, o ex-prefeito Du Altimari informou que em 2010 o tribunal de contas do estado orientou a prefeitura a abrir um edital para o transporte público municipal e que nele havia a exigência da compra de 60 novos ônibus, 3 vans e 1 ônibus para o projeto estação turismo, no valor de R$ 21 milhões. Segundo o ex-prefeito, a empresa vencedora fez a compra conforme o edital, até por um custo menor, portanto sem irregularidades. A nota ainda rebate as acusações de enriquecimento ilícito: nela o ex-prefeito refuta veementemente aumento de patrimônio enquanto foi prefeito entre 2008 e 2016 e afirma que o que tem foi adquirido antes de ser eleito e é fruto do trabalho, inclusive da família. A declaração de bens está registrada junto à receita federal.

Também em nota, a defesa de João Carlos Chinen e da Rápido São Paulo Transportes e Serviços Ltda. informou que em respeito ao poder judiciário, não vai comentar qualquer assunto ou informação sobre o processo, qualquer manifestação somente o depois  trânsito em julgado do mesmo. 

Tentamos, mas não conseguimos contato com o ex-secretário de transportes José Maria Chiossi.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.