Programação TV Século 21
 

Rio Claro terá atividades que alertam sobre acidentes no trabalho

Programação no Jardim Público acontece no dia 28 de abril às 8h e terá folders, Lian Gong, aferição de pressão e outras atividades

Rio Claro terá mobilização no Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho, que será celebrado no próximo dia 28, uma sexta-feira. O Jardim Público receberá várias ações organizadas pela Fundação Municipal de Saúde. Distribuição de folders, prática de Lian Gong, aferição de pressão arterial e atividades de educação em saúde fazem parte da programação, prevista para acontecer das 8 às 16 horas.

Ligado à Fundação de Saúde, o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) registrou em Rio Claro no ano passado 3.202 acidentes de trabalho, dos quais 138 graves e oito fatais. As principais causas foram quedas de altura, acidentes com máquinas e equipamentos e acidentes de trajeto.

Em Rio Claro toda a unidade de saúde que atende um trabalhador acidentado é obrigada a emitir ao Cerest o Relatório de Atendimento ao Acidentado do Trabalho. O Cerest dá informações e faz orientações sobre esse e outros assuntos na Avenida 9, 204, Centro. O telefone é 3525-2080 e o e-mail, cerestrioclaro@gmail.com

O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho surgiu no Canadá em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, Estados Unidos, em 1969. Em maio de 2005 a data – 28 de abril – foi instituída no Brasil pela Lei 11.121. Números do Ministério do Trabalho apontam 350.558 acidentes com máquinas de 2011 a 2015 no país, com 994 mortes e 21.271 amputações.

Acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho são danos ou agravos a saúde por exposição a riscos no ambiente de trabalho e lesão corporal ou perturbação funcional que pode causar a morte, perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.