TV CLARET agora no canal 45 digital
Programação TV Século 21
 

Interior reduz roubos e furtos em geral e de veículos e latrocínios em fevereiro

A região apresentou ainda queda no total de vítimas de roubos seguidos de morte, de estupros e de extorsões mediante sequestro

27/03/2017 07:40

O interior do Estado de São Paulo terminou o segundo mês do ano com redução dos casos de roubos e furtos de veículos. Em fevereiro, o total de ocorrências de roubo de veículo caiu 13,23%, com 185 casos a menos. O indicador passou de 1.398 para 1.213. A quantidade é a menor desde 2010, quando 1.207 boletins de ocorrência desta natureza foram registrados.

No acumulado do ano, o número de casos baixou 7,28%. Em 2017 foram registrados 2.472 roubos de veículos, contra 2.666 em comparação com igual período de 2016, chegando ao menor número desde 2008.

Os roubos em geral apresentaram diminuição de 4,22% em fevereiro. O número de boletins de ocorrência registrados passou de 6.780 para 6.494 – 286 a menos. Na soma dos dois primeiros meses do ano, houve aumento de 0,58%, com 13.513 casos registrados em 2017.

O índice de furto de veículo teve redução de 8,74% em fevereiro. A quantidade de registros passou de 3.511, no segundo mês do ano passado, para 3.204, no mesmo mês deste ano. Ou seja, 307 ocorrências a menos. O total de furtos de veículo é o menor desde 2010, quando houve 3.190.

No primeiro bimestre, o interior apresentou recuo de 7,71% nos furtos de veículos, com 7.197 casos registrados em 2016, ante 6.642 contabilizados este ano – o menor número desde 2010.

As dez regiões do interior também tiveram queda de 7,37% nas ocorrências de furtos em geral – que excluem os de veículos. O total passou de 21.277 em fevereiro de 2016 para 19.708 no mesmo mês deste ano – 1.569 a menos. No acumulado do ano, houve aumento de 0,67%.

As extorsões mediante sequestro ficaram zeradas no segundo mês deste ano. No mesmo período do ano passado, um caso havia sido registrado em fevereiro. Este ano, não houve ocorrências do crime no interior.

Latrocínios, homicídios e estupros

Em fevereiro, os latrocínios tiveram queda de 43,75% no interior, passando de 16 para nove casos. No segundo mês do ano, o número de vítimas do indicador também caiu 43,75%, ou seja, cada roubo seguido de morte contabilizou apenas uma vítima.

No período acumulado do ano, houve aumento de 20% na quantidade de casos e de 19,23% no indicador de vítimas. No ano, foram contabilizados 30 boletins de ocorrência, com 31 vítimas de roubos seguido de morte.

Os homicídios dolosos tiveram alta de 1,97%, de 152 para 155, com três casos de mortes intencionais a mais. No período acumulado, houve queda de 3,46%, com 11 ocorrências a menos. O total passou de 318 para 307.

O indicador de vítimas de mortes intencionais subiu 3,92%, chegando a 159 registros deste indicador em fevereiro deste ano. No bimestre, a alta foi de 1,83%, com seis vítimas.

A taxa de casos de homicídio foi de 8,32 por grupo de 100 mil habitantes – no período de 12 meses (março de 2016 a fevereiro de 2017). A taxa de vítimas de homicídio foi de 8,71 por grupo de 100 mil habitantes.

O interior também apresentou recuo de 8,15% nos casos de estupros. A quantidade passou de 491 para 451 – 40 ocorrências a menos em fevereiro. No bimestre, registrou alta de 0,92%, com 984 casos.

Outras modalidades de roubo

Os roubos de carga tiveram alta de 40,83%, de 120 para 169 ocorrências, com 49 casos a mais em fevereiro. Na comparação do período acumulado, a alta foi de 43,81%, com 302 casos registrados neste ano.

Os roubos a banco tiveram um registro a mais no segundo mês do ano. Em fevereiro deste ano houve quatro registros em todo interior de São Paulo. Na soma dos dois primeiros meses de 2017, o aumento foi de cinco casos, com 11 boletins de ocorrência desse tipo contabilizados no primeiro bimestre.

Produtividade policial

A atuação das polícias Civil e Militar do Interior de São Paulo resultou em 8.954 prisões efetuadas no segundo mês deste ano. No mesmo período, também foram apreendidas 4,7 toneladas de drogas.

Informações: Secretaria de Segurança Pública 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.