Unesp confirma área para funcionamento de creche

Área no bairro Santana será oficialmente cedida pela Unesp para uso compartilhado da prefeitura e Instituto Federal de São Paulo, permitindo que o município instale uma creche para 150 crianças. A prefeitura já iniciou a limpeza no entorno da área e o prédio passará por algumas adequações.

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) manifestou satisfação com as ações realizadas pela prefeitura de Rio Claro para a limpeza da área do antigo campus da universidade no bairro Santana. O comentário foi feito pelo reitor Sandro Roberto Valentino ao prefeito João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, em reunião realizada na sede da reitoria em São Paulo. Do encontro também participaram o procurador geral do município Rodrigo Ragghiante; o diretor do IGCE da Unesp de Rio Claro, José Alexandre Perinotto; e o diretor do Fórum, juiz Cláudio Pavão.

O reitor Valentino confirmou a autorização para a instalação de uma creche em um dos prédios do antigo campus da Unesp na Rua 11. O imóvel estava cedido ao Instituto Federal de Educação de São Paulo e dependia de aval da Unesp para ser utilizado pelo município. Com a liberação do instituto e da universidade, Rio Claro poderá instalar a creche que irá atender 150 crianças. “A Unesp informou que nos próximos dias vamos formalizar essa autorização”, explica Ragghiante.

Para agilizar o processo, a prefeitura já começou a fazer adaptações no entorno do imóvel para receber as crianças. Os serviços estão sendo realizados por funcionários municipais. A expectativa é de que a escola comece a funcionar ainda neste semestre. O município também pretende instalar uma creche no prédio da Fundação Ulysses Guimarães. Para isso, depende que o projeto de extinção da autarquia, em tramitação na Câmara Municipal, seja aprovado pelos vereadores. Caso isso ocorra, serão abertas mais 204 vagas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.